As vezes o amor dura, as vezes o amor é duro.
Desconhecido.
Cada saudade tem um por quê, ou um por quem.
Renato Russo.
As vezes o “para sempre” é somente uma intenção, não uma promessa.

Bodda-h

Sofri por você, mas não por culpa sua.
Bodda-h
E se eu pensar que não gosto de você, será que vai ser mais fácil acordar e não te ver?
Volantes
Vê mais longe quem voa mais alto, de cima temos uma visão melhor dos arredores, bem que Nietzsche disse “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar”, assim é a vida… assim são as pessoas… assim são aqueles que não desejam o sucesso de alguém, que possuem o espírito invejoso. “Ciúme é querer manter o que se tem; cobiça é querer o que não se tem; inveja é não querer que o outro tenha”, diz outro ditado. Contudo, não podemos pisar nas pessoas para ter sucesso na vida, mas podemos saltar sobre as que ficarem em nosso caminho.
Desconhecido
Eu acho que é ruim quando um cara olha para uma garota e pensa que a forma como ele a vê é melhor do que a garota realmente é.
Charlie
Uma árvore caindo faz mais barulho do que todo um bosque crescendo.
Jorge Bergoglio
All of my life I’ve been searchin’ for a girl to love me like I love you. But every girl I’ve ever had breaks my heart and leaves me sad. What am I, what am I supposed to do?
The Beatles
Em uma folha de papel amarelo com linhas verdes
ele escreveu um poema
E o intitulou “Chops”
porque era o nome de seu cão
E era o que estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e uma estrela dourada
E sua mãe o abraçou à porta da cozinha
e leu o poema para as tias
Era o ano em que o padre Tracy
levava todas as crianças ao zoológico
E ele deixou que cantassem no ônibus
E sua irmãzinha tinha nascido
com unhas minúsculas e nenhum cabelo
E sua mãe e seu pai se beijavam tanto
E a garota da esquina mandou para ele
um cartão de Dia dos Namorados assinado com vários X
e ele teve de perguntar ao pai o que significava X
E seu pai deixou que ele dormisse na sua cama à noite
E era sempre lá que ele dormia
Em uma folha de papel com linhas azuis
ele escreveu um poema
E o intitulou “Outono”
porque era o nome da estação
E era o que estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e o pediu para escrever com mais clareza
E sua mãe não o abraçou à porta da cozinha
por causa da pintura nova
E as crianças disseram a ele
que o padre Tracy fumava cigarros
E largava as guimbas no banco da igreja
E às vezes elas faziam buracos
Que era o ano de sua irmã usar óculos
com lentes grossas e armação preta
E a garota da esquina riu
quando ele pediu para ver Papai Noel
E os garotos perguntaram por que
a mãe e o pai se beijavam tanto
E seu pai não o cobria mais na cama à noite
E seu pai ficou furioso
quando ele chorou por isso.
Em um pedaço de papel de seu caderno
ele escreveu um poema
E o intitulou “Inocência: Uma Questão”
porque a questão era sobre uma garota
E isso estava em toda parte
E seu professor lhe deu um A
e um olhar muito estranho
E sua mãe não o abraçou à porta da cozinha
porque ele nunca o mostrou a ela
Foi o primeiro ano depois da morte do padre Tracy
E ele esqueceu como terminava
o Creio em Deus Pai
E ele pegou a irmã
se agarrando na varanda dos fundos
E sua mãe e seu pai nunca se beijavam
nem mesmo conversavam
E a garota da esquina
usava maquiagem demais
O que fez ele tossir quando a beijou
mas ele a beijou mesmo assim
porque era a coisa certa a fazer
E às três da manhã ele se aninhou na cama
seu pai roncava alto
É por isso que no verso de uma folha de papel pardo
ele tentou outro poema
E o intitulou “Absolutamente Nada”
Porque era o que estava em toda parte
E ele se deu um A
e um corte em cada maldito pulso
E se encostou na porta do banheiro
porque nessa hora ele não pensou
que poderia alcançar a cozinha.
As Vantagens De Ser Invisível
Eu sei que algum dia você terá uma vida maravilhosa. Eu sei que você será uma estrela no céu de outra pessoa. Mas porque não pode ser no meu?
Eddie Vedder
O safari que era calmo, virou selva.
Projota
O safari que era calmo, virou selva.
Projota
De repente, percebo o que está me deixando tonta. É ele. Algo nele faz com que me sinta prestes a despencar. Ou derreter. Ou arder em chamas.
Divergente