Eu queria ser seu último amor. Mas sabia que não era. Sabia e a odiava por isso. Eu a odiava por não se importar comigo. Eu a odiava por ter me deixado naquela noite. E odiava a mim mesmo por tê-la deixado ir embora, porque, se eu tivesse sido suficiente, ela não teria querido ir embora. Simplesmente teria se deitado comigo, conversado e chorado. E eu a teria ouvido e teria beijado as lágrimas que caíam dos seus olhos.
Quem é você, Alasca?   (via peculiador)
Eu acredito em Deus. Eu acredito que beijar arranca sorrisos. Eu acredito que risadas curam dores. Eu acredito que abraços confortam. Eu acredito que há dias melhores. Eu acredito que também há dias piores. Eu acredito que existe choro de tristeza. Eu acredito que assim como existe choro entristecido, existe o choro feliz, da felicidade. Eu acredito que dormir faz bem. Eu acredito em milagres. Eu acredito em anjos. Eu acredito que pessoas podem ser anjos. Eu também acredito que pessoas podem ser demoníacas. Eu acredito em dias pós outros. Eu acredito que cafuné é o melhor carinho para carência. Eu acredito que o ato de andar de mãos dadas selam dois destinos. Eu acredito que mordidas são formas de carinho. Eu acredito em sonhos. Eu acredito que sonhos podem se tornarem pesadelos. Eu acredito que acreditar é uma maneira de atrair positividade. Eu acredito que a escuridão é o mal uso da Fé. Eu acredito que a chuva lava a alma. Eu acredito que a água purifica um ser. Eu acredito que amizade é uma dádiva. Eu acredito que o amor tanto cura como destrói. Eu acredito que cada um tem sua vida e determina suas escolhas, para o bem ou para o mal. Eu acredito que cada um opta um jeito para acreditar ou desacreditar, por fim, eu acredito que cada pessoa determina o seu modo de sobrevivência, sendo o melhor ou o pior.
A Escritora de Bar (via cartas-rasgadas)
Os mortos recebem mais flores que os vivos, porque o remorso é mais forte que a gratidão.
Anne Frank.    (via versatizar)
Acho que tenho tudo que quero. Quando quero cerveja, bebo cerveja. Quando quero vodka, bebo vodka. Quando quero você, bebo vodka.
Soulstripper.    (via autorias)
E eu, gostava tanto de você.
Tim Maia.
Amor é um. Sexo é dois.
Rita Lee.
Quem tem pressa,
Tropeça.
Diciona. 
Pois o teu amor é tão grande que alcança os céus; a tua fidelidade vai até as nuvens.
Salmos 57:10.
Você é aquela música que eu deixei de escutar, mas lembro a letra.
A nossa música.
Imagine sorrir depois de levar um tapa na cara. Agora, imagine fazê-lo vinte e quatro horas por dia.
A menina que roubava livros.
Um dos meus amigos tem cicatrizes de navalha ao longo de todo o seu braço esquerdo. O outro enfia baldes de comprimidos pra dentro de uma massa de barba preta. Ambos escrevem poesia.
Tem qualquer coisa em escrever poesia que leva o homem pra beira do abismo.
Charles Bukowski.