Eu vi ali, te vi orando, e vi o seu peito sangrando, eu vi seus amigos saindo, seus amigos te deixando, sua coragem se esvaindo, e o seu olho fechando, eu vi seu choro, vi seu medo por dentro te dominando e vi meia dúzia de anjos te buscando.
Projota
Talvez eu esteja muito ocupado sendo seu para me apaixonar por um novo alguém.
Arctic Monkeys
Não deve haver rancor onde já se teve amor.
Projota
Eu morreria por você. Mas eu não viveria por você.
As Vantagens de Ser Invisível
Eu queria te contar que agora não dói mais. Só que agora não importa tanto o que você vai pensar sobre isso. Queria que você soubesse que já vi nossos filmes milhares de vezes e nem chorei. Ok, chorei. Mas pelo filme, e não por você. Queria que você soubesse que tirei a poeira das nossas músicas, e que as ouço quase todos os dias. Porque elas me faziam mais falta do que você fez. Os nossos lugares não são mais nossos. Eu já voltei lá com outras pessoas, e escrevi lá outras histórias… Eu estou aprendendo a tocar violão. E a primeira música que toquei foi aquela música que era uma espécie de hino pra nós dois. Ela é tão linda… E sim, ela continua sendo muito nossa e lembrando demais você. Mas ainda sim, não dói. Você não pergunta essas coisas, mas sei que gostaria de saber. Porque te conheço. E isso não mudou. Do mesmo jeito que adivinhei as coisas ruins que você aprontaria, eu sei as coisas boas que ficaram aí em você e te fazem lembrar de mim. Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás.
Caio Fernando Abreu.
Precisamos amar para não adoecer.
Sigmund Freud. 
Porque deixar de amar não é normal. Não se desama dando um mero tchau.
Kid Abelha.  (via recontador)
Você tenta ser a melhor pessoa do mundo para alguém que lhe trata como a pior delas.
Pedro Pinheiro.
Mas eu não quero ouvir sua voz, nem falar com você, não quero saber como você está ou com quem você está, não quero saber o quanto sou especial pra você e em seguida porque não podemos ficar juntos, não quero nem olhar para você. Porque eu adoro você, Peter. Te adoro tanto que não consigo imaginar como pode ficar tão bem sem mim enquanto eu estou aos cacos sem você. E eu não quero muito menos ser sua amiga, Peter. Porque eu sou completamente apaixonada por você, e não acho que possa administrar essas duas coisas juntas, então some daqui. Vai o mais longe possível que você puder de mim. Eu posso estar parecendo uma criança com rancor dos lápis de cor que lhe foram roubados, mas eu prefiro parecer uma criança, Peter, do que fingir não estar perdidamente apaixonada por você.
Eu não sou a garota dos 50 motivos.
Eu odeio não saber mais no que acreditar. Eu odeio não saber o que é real.
Os 13 porquês. (via recontador)
A sua falta quase me matou.
 Hateen, 1997.  (via assoprador)
Entregar flores,
e receber espinhos.
Leopoldo Matias. (via recontador)
Eu creio que a senhora sonha talvez demais. Sonhará uns amores de romance, quase impossíveis? Digo-lhe que faz mal, que é melhor, muito melhor contentar-se com a realidade; se ela não é brilhante como os sonhos, tem pelo menos a vantagem de existir.
Machado de Assis.   (via o-teimoso)